quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Para obter ajuda de uma Dríade


                                  

                        Para obter ajuda de uma Dríade

Dríade é o espírito que reside em cada árvore. para obter sua ajuda escreva um uma fita vermelha o seu desejo e amarre-o em um galho de uma árvore (a árvore com o poder relácionado com o seu pedido) e diga:

“Grande Deusa e Grande Deus, permitam a realização de meu desejo, espírito desta árvore, ajude me a concretizar esse meu desejo. Em nome da Deusa e do Deus. Este encantamento está feito!”
Ao terminar, deixe alguma oferenda (uma maçã, uma moeda…) em homenagem a árvore.



                                       Dríades e Hamadríades 

Espíritos das Árvores: entre os gregos e os hindus são ninfas que vivem nas cercanias dos bosques, das árvores.

Desde o seu nascimento, uma dríade estabelece um vínculo com uma árvore específica, muito em especial, os carvalhos.

Tal como as demais ninfas, as Dríades e Hamadríades tinham uma vida muito longa; contudo, se a árvore morria, morriam com ela.

Por isso, os deuses castigavam os mortais que cortavam, matando uma árvore sem oferecer antes um tributo ao espírito da Árvore.


A palavra dríade era também usada num sentido geral para as ninfas que viviam na floresta.

As ninfas de outras árvores são chamadas de Hamadríades.


Dríades são Espíritos Femininos que habitam as Árvores, tornando-se parte das mesmas e Guardiãs da Natureza. Seus corpos são extremamente belos e ao mesmo tempo estranhos aos olhos Humanos.

Da cintura para cima são belíssimas Mulheres com longos e sedosos cabelos esverdeados como folhas e apresentam seios volumosos.

 Seus olhos são extremamente faiscantes e dourados como o Sol, suas vozes maviosas e suaves são capazes de encantar qualquer Mortal. Da cintura para baixo porém, seus sinuosos corpos começam a se fundir com a estrutura da Árvore da qual fazem parte, unindo seus belos membros até as raízes da Planta.

Dríades adoram cantar e dançar ondulando seus braços ao som de melodias do Reino Etérico, que chegam aos seus ouvidos por delicadas lufadas de Ar, trazidas normalmente por Silfos e outras Fadas .
Como sempre foram jovens de rara e eterna beleza, desde a Antiguidade Grega eram frequentemente cortejadas pelo Deus Apolo.

As Lendas dos Antigos Druídas, afirmam que ao cortar uma Árvore podería-se ouvir a longas distâncias os gritos de dor e agonia de uma Dríade ao " morrer ".

Estas sedutoras criaturas, contudo desde os mais remotos tempos continuam a crescer em lugares onde o Homem dificilmente poderá encontrá-las. 

Mesmo com este temor, elas ainda prosseguem em sua Missão Dévica de proteger a Natureza, não somente para o Reino Encantado como também para nosso Reino Mortal e preservação do Planeta Terra.