terça-feira, 22 de maio de 2012

Círculo das fadas



Há muito se diz que as fadas deixam vestígios de suas festanças noturna. 


Segundo o folclore inglês, quando as fadas dançam sob as estrelas, o local, ao amanhecer, terá a marca de um circulo verde luminoso, ou a grama amassada, chamado círculos de fadas.

 Quando a pessoa entra no centro de um circulode fadas, numa noite de lua cheia, e faz um desejo, esse desejo irá se realizar.

Mas cuidado para não pisar num circulo de fadas enquanto elas ainda estiverem por perto festejando!!!

 Qualquer humano que fizer isso será obrigado a dançar até a exaustão. 

O único meio de fugir é ser salvo por um amigo que, mantendo um pé apoiado bem firme fora do circulo, estenda o braço para dentro do circulo de fadas e puxe o prisioneiro para fora.

Segundo alguns relatos, o anel de fadas seria um portal para o mundo delas.

Mas neste caso, a pessoa deveria deixar um pedaço de ferro na entrada, metal a que tinham aversão, pois caso entrasse no mundo das fadas e elas fechassem o portal, a pessoa perderia a noção do tempo, podendo passar uma noite no mundo delas, que equivaleria a anos no mundo mortal.

Circulos misteriosos de grama descolorida de fato existem em toda a Europa e na America do norte, surgindo muitas vezes após chuvas fortes. 

Seu diamentro pode variar de poucos centimetros até sessenta metros. 

Mas os cientistas insistem que eles são causados por um fungo chamado Basidomycetes não por fadas.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Fadas




O nome em inglês das fadas "faeries" ou "fairyes", provavelmente é uma combinação de "fae", vinda da palavra "friend" (amigo, em inglês) e "eire", vinda de "green" (verde) significando, "Amigo Verde (Green Friend).

As primeiras histórias de fadas mostram que elas eram, de início, as personagens que levavam presentes aos recém-nascidos. Fadas podem ser vistas claramente apenas por animais e raramente por humanos, e se alguém tiver essa sorte, poderá, ao menos, ter visto rapidamente uma fada.

Mas há algumas poucas exceções, entretanto. 

A primeira delas é quando a fada usa uma técnica mágica, o glamour, para mudar a sua aparência física e assim, poder se mostrar aos humanos.

A segunda chance é de vê-las dançando e cantando num ritual que acontece no Verão, no dia em que o Sol está no ponto mais alto do céu.

A terceira chance de se ver uma fada através de uma pedra que tenha sido furada ao meio pela força da água.

O reino das fadas é comandado pela Rainha Titania e seu consorte Príncipe Oberon.

 O Folclore gaélico dá muita importância às fadas, tanto nas lendas, como nas músicas.

A crença nas fadas invadiu também as lendas celtas. 

Na Escócia, houve um famoso incidente, em que três mortais, Thomas the Rymer, Tam Lim e o padre Robert Kirk, autor do livro O segredo do povo dos Elfos, Faunos e Fadas, foram levados à Terra das Fadas.

Existem algumas hipóteses sobre a origem das fadas:  Que elas tenham sido formadoras de uma raça, de estatura menor que a dos humanos e que moravam abaixo da superfície;

Alguns dizem que elas são Anjos Caídos, que foram expulsas do céu, após se negarem a cumprir uma ordem; As fadas também são vistas como espíritos dos ancestrais; São considerados também Deuses Antigos, que diminuíram em estatura por não aceitarem a Igreja Católica.

Mas as fadas fazem parte do imaginário popular graças aos contos e histórias de autores como os irmãos Grimm. 

Nestas histórias, elas têm papel decisivo, muitas vezes auxiliando o protagonista ou lhe concedendo uma graça que ele jamais poderia alcançar por si.