sábado, 9 de fevereiro de 2013

Características das fadas



                           Características das fadas 



O termo fada geralmente se aplica a quatro tipos de entidades:

Seres com poderes sobrenaturais e que habitam o éter.

Certos monstros e demônios que tenham algumas das características de fadas.

Fadas naturais, da natureza ou elementais: Fadas que se acreditava serem alguns dos espíritos que povoam todos os lugares e objetos na Terra, todos os elementos.

 As fadas da natureza podem ser sereias, ondinas, espiritos das árvores e etc.

Pessoas do país das fadas, povo das fadas (A que vou me ater nesse post) ou as fadas verdadeiras, ou ainda raça Elfin. 

Pessoas do país das fadas ou povo das fadas, de acordo com a crença celta, são uma raça de seres, os homólogos da humanidade em pessoa, possuem ocupações e prazeres, mas são insubstânciais, normalmente invisíveis, silenciosos em seus movimentos, e tendo como suas habitações subterrâneas os montes verdes de rocha ou terra. 

Eles são geralmente diminutos (menores que os humanos), geralmente muito pequenos como um pigmeu. Podem tornar-se invisíveis e visível à vontade, muitas vezes colocando e tirando um acessório ou capa mágica.

Sua cor preferida é verde, não só para o vestido, mas às vezes para pele e cabelo, bem como, outras vezes podem preferir o mais pálido dos brancos ou o mais sangrento dos vermelhos.

Fadas são geralmente consideradas inofensivas. Elas se deleitam em pregar peças; ordenhar vacas no campo, sujando roupas no varal, apropriando-se de alimentos, coalhar o leite e etc. Algumas fadas são ainda vistas como benevolentes, tendo dinheiro ou comida para dar aos pobres, oferecendo brinquedos para crianças, ou a neutralização dos feitiços ou pragas contra pessoas inocentes.

Elas são viciadas em visitar os redutos dos homens, às vezes, para dar assistência, mas com mais freqüência para tirar o benefício de seus produtos e trabalhos, e às vezes até das próprias pessoas.

 Elas podem estar presentes em qualquer lugar sem que os mortais possam vê-las. Sua interferência não é sempre sinônimo de fazer o bem, no final, pode se até revelar destrutiva. Se ofendida, uma fada vai retaliar com vingança resoluta; punições comuns contra ofensas humanas são queimar casas e saquear lavouras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário