sábado, 9 de fevereiro de 2013

Etimologia da palavra fada


                           Etimologia  da palavra fada 

A palavra fada deriva do Inglês Médio faierie (também fayerye, feirie, fairie), um empréstimo direto do francês antigo faerie (Em francês moderno féerie), que significa a terra, território ou atividade característica (ou seja, encantamentos) das pessoas lendárias do folclore chamadas (em francês antigo) Faie ou FEE (Francês Moderno Fée).

Faie derivado do antigo latim fata (uma das Parcas personificadas, portanto, um espírito guardião ou tutelar, portanto, um espírito em geral), cf. Italiano fata, espanhol hada da mesma origem, português Fada também com origem em latim.

Fata, embora tenha se tornado um substantivo feminino nas línguas românicas, era originalmente o plural neutro ("os destinos") de fatum, particípio passado do verbo fari falar, portanto, "coisa falada, a decisão, o decreto" ou "declaração profética, previsão ", daí o" destino fado ". Foi usado como o equivalente do grego Μοῖραι Moirai, as Parcas personificadas que determinaram o curso e o fim de vida humana.

Outros termos:
Folk Fair (povo das fadas) é um nome galês, frequentemente utilizado na literatura e nos mitos escandinavos.

Daoine Sidhe: A palavra irlandesa para fada é sheehogue [sidheog], um diminutivo de SHEE (como no banshee). As fadas são deenee Shee [daoine sidhe] (povo das fadas).

The Little People (o pequeno povo): um termo recente para caracterizar as fadas diminutas que provavelmente começam a aparecer nos contos de fadas da era vitoriana.

Boa Vizinhança ( Good Neighbours) é da Escócia. Ele teve sua origem no desejo de nunca ofender com rotulações. O povo das fadas poderia estar ouvindo, e ficariam satisfeitos quando as pessoas falavam bem deles, e com raiva quando falavam mal ou de maneira inapropriada ou desdenhosa. O mesmo sentimento levou os celtas irlandeses a chamá-los de povo honesto" (daoine Coire) ou `povo bondoso '(daoine Matha).

As Crianças Verdes ( The Green Children) foi usado na literatura medieval e versões é usado frequentemente no tema moderno ambientado na fantasia literária.Esse termo criou muitas variações, como Greenies e Greencoaties entre outros.

As pessoas em silêncio (o povo de paz, o povo ainda, ou silenciosamente, movendo pessoas) vem do gaélico irlandês e escocês, o povo de Sith.


 O nome sith refere-se a 'paz' ou o silêncio do movimento no ar, em contraste com a agitação e o barulho que acompanha os movimentos e ações dos homens.

 As fadas vêm e vão com passos silenciosos, e seus roubos ou sequestros são feitos em silêncio e surpresa para os homens. 

Elf(ves) (Elfos) significa também das fadas e derivado da palavra alfar das línguas nórdicas e teutônicas que está associado com montanhas e água. 

Isso ilustra claramente a estreita relação entre fadas e e a terra.

As criaturas referidas como fadas ou fe'es (acento sem separação), fadas e Faeries em línguas românicas e em inglês são de modo algum confinado à cultura europeia ocidental. 

Sob um nome ou outro, elas são encontrados em todo o mundo, porém são mais freqüentemente conhecidos na Europa e na Ásia, menos freqüentemente encontrou-se termos referidos na América e África. 

Centenas de criaturas diferentes são reunidas sob o termo guarda-chuva 'de fadas'. Como veremos a frente, Fadas são um tipo de povo e não um único ser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário